Foto: Nelson Sater/Biopesca

No dia 03/07, a equipe do Biopesca encontrou uma tartaruga da espécie Caretta (cabeçuda ou mestiça), já sem vida, em Praia Grande (SP). Com cerca de 1m20 e 70 quilos, ela foi achada durante o trabalho diário do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS). O Biopesca é uma das organizações que realiza essa atividade, desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Pólo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. O objetivo é avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e recolhimento dos mortos.

Publicado em Meio Ambiente