Foto: Marcelo Guedes

Guarujá e Praia Grande são duas das cidades mais procuradas do País para a temporada de verão. Só em Praia Grande, segundo o Ministério do Turismo, espera-se que 1,86 milhão de pessoas visitem o Município, ficando atrás apenas de São Paulo (3,28 milhões de visitantes), Florianópolis (2,09 milhões) e Rio de Janeiro (2,03 milhões) nas estimativas.

A previsão vale para o começo do verão, no próximo dia 21, até o Carnaval, em fevereiro. A grande quantidade de colônias de férias e de casas de veraneio, além da infraestrutura de Praia Grande, são os motivos apontados pelos analistas.

Na opinião de Alexandre Affonso, do Santos e Região Conventions & Visitors Bureau, o resultado não surpreende. “Há alguns anos isso já vem ocorrendo, tanto que a Prefeitura usa isso a seu favor”, diz ele.

“A Cidade tem um grande fluxo de pessoas pelo que chamamos de turismo social, que são as colônias de férias. Outra peculiaridade são os imóveis locados para temporada”, cita Alexandre. Ele ainda destaca os 21 quilômetros de praias, o triplo do que tem Santos.

Estrutura

Segundo a Prefeitura, Praia Grande tem 110 mil apartamentos de temporada e 11 mil leitos em colônias de férias. A maior delas é a do Sindicato dos Metalúrgicos.

“Nossa rede hoteleira realmente não é a maior, mas nossa proximidade com a Capital faz com que sejamos atrativos para os turistas”, avalia o secretário municipal de Turismo, Esmeraldo Vicente dos Santos.

“Acho que é resultado, também, do trabalho de infraestrutura que vem sendo criado ao longo dos últimos anos”, diz o prefeito Alberto Mourão (PSDB). “Temos os viadutos de São Vicente, que dão mais tranquilidade na chegada e na saída (à Praia Grande), o saneamento das praias e, também, uma agenda de atrações muito grande”, completa.

Foto: Hebe Dorado

Publicado em Praia grande mil grau, Região - Litoral Sul