Ficou mais cara a tarifa do transporte coletivo intermunicipal a partir de terça-feira (5/07).
O aumento é um absurdo, mas não vale para os ônibus regulamentados pela EMTU, que atuam nas regiões metropolitanas.

De acordo com a Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), o reajuste deve-se ao aumento dos custos operacionais de sistema, do preço do diesel, além do aumento salarial da categoria.
Ainda de acordo com a agência, o aumento afetará 1062 linhas que fazem as ligações intermunicipais no estado.